STF aprova orçamento de 2018 sem reajuste nos salários dos ministros

10
ago

O Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou nesta quarta-feira (9), por 8 votos a 3, o orçamento da Corte para 2018 sem previsão de reajuste salarial para os ministros.

 

 

O salário dos ministros do STF, atualmente em R$ 33.763,00, é o teto do salário do servidor público e serve como base para os salários dos outros poderes.

 

O valor do orçamento do Supremo para 2018 é de R$ 708 milhões, 3,1% a mais do que o orçamento deste ano, de R$ 686,2 milhões. O STF terá de enviar a proposta ao Ministério do Planejamento. O Orçamento da União deve ser encaminhado ao Congresso até o dia 31 de agosto.

 

Segundo Cármen Lúcia, a decisão de não aumentar os salários obedece as regras da emenda constitucional que estabeleceu teto de gastos para o poder público.

 

Nos últimos dias, houve movimentação no Ministério Público e também entre juízes e magistrados para que fosse previsto reajuste salarial em 2018.

 

O Ministério Público aprovou no orçamento aumento de 16%, e a associação dos Magistrados reivindicou aumentos, inclusive em reunião com Cármen Lúcia. Eles afirmaram que os juízes têm perdas acumuladas de 41%, mas queriam aumento de pelo menos 16%.

G1